6 de março de 2011

Eternamente jovem

Capitulo 32

“Ei, mamãe… ” Renesmee chamou enquanto andava pela casa. Eu podia ouvi-la facilmente de onde eu estava.




“Aqui fora.” Eu disse alto o suficiente para ela ouvir.



Edward e eu estávamos aninhados no balanço da varanda. Estava maravilhada com o seu braço brilhando ao sol.



“Aqui fora onde?!” Sua voz estava mais perto, mas ela ainda estava andando no interior.



“Varanda dos fundos.” Edward a respondeu dessa vez. Seus pezinhos moveram rapidamente quando ela correu para a porta de trás. “Vocês sabem que eu tenho procurado vocês por todo o lado?” Renesmee choramingou enquanto entrava na varanda.



Edward puxou-a para o seu colo e ela sorriu para ele. Ela não tinha mais que tocar o seu rosto para ele ver totalmente o que ela queria que ele visse. Pensamos que era seu dom crescendo junto com ela. Embora ela não pudesse mandar para nenhum de nós visões sem tocar, Carlisle imaginou que fosse porque Edward já podia ler sua mente.



“Eu não sei querida. ” Edward balançou a cabeça.



Ela implorou para ele em sua mente. Ela estava bastante animada porque podia mandar imagens completas, e falar com o pai, sem tocá-lo. Por causa disso, ela raramente abria mais a boca para falar com ele, e Edward estava se divertindo com isso tanto quanto ela estava.



“Eu sei, sim Ness, eu entendo, mas eu não acho que seja uma boa idéia.”



“O que você quer?” Perguntei muito curiosa. Acenei minha mão em frente ao seu rosto para tirá-la de seu olhar.



“Eu quero ir à praia amanhã. É ferias de primavera, e vai estar bem quente. Tia Rose já disse que Alyssa poderia ir.” Renesmee se arrastou para o meu colo, me mostrando visões de Jacob e ela na praia, brincando na água.



“Por que não?” Perguntei olhando para Edward.



Ele revirou os olhos, apontando para o sol quente, agarrando o meu pulso e segurando meu braço para mostrar o sol brilhando na minha pele.



“Alice”. Chamei, e um segundo depois ela dançou para fora de casa.



“Vai estar quente, mas nublado. Nada de sol, você vai ficar bem. ” Ela sorriu beijando a bochecha de Renesmee, e virando-se para voltar para dentro.



“Viu, não tem porque.” Eu disse a Edward.



“Pois bem, eu não vejo o que há de errado com um dia na praia.” Edward acenou com a cabeça em aprovação, e Renesmee ficou de pé no meu colo. Eu segurei sua cintura enquanto ela inclinou-se para abraçar Edward.



“Vocês são os melhores!” Ela cantou enquanto eu a ajudei a sair do meu colo. “Posso ligar para o Liam? Ela perguntou, parando de repente.



“Quem? Desculpe, você disse Jacob?” Edward perguntou segurando seu pulso antes que ela pudesse correr para dentro.



“Não…” Ela disse olhando para seus pés.



“Ah, você disse Seth.”



“Ãn-ãn”. Ela balançou a cabeça.



“Se o nome que você acabou de dizer é de alguém mais alto do que um menino de 7 anos de idade, sim, você pode chamá-lo.”



“Ele é meu amigo da escola. Eu só quero ver se ele vai estar na praia amanhã também.” Ela disse inocentemente.



“Sim, querida. Você pode ligar para o seu amigo.” Eu não tirei meus olhos de Edward. Ele virou sua cabeça rápido para me olhar.



“Ela é jovem demais para começar com essa porcaria!” Edward soltou para mim.



Eu não pude deixar de rir. “Ele é um amigo dela da escola.”



“Ela não deveria pensar que meninos tem piolho nessa idade?” Ele perguntou cruzando os braços sobre o peito.



“Você é um papai superprotetor. Agora não é hora de começar a ser protetor com ela. Quando ela chegar para nós pedindo para ir à praia sozinha com um grupo de amigos e saindo com trajes de banho como os que eu usei na nossa lua de mel…,” Notei o corpo de Edward tensionar enquanto ele pensava nos bikines fio-dental que Alice tinha embalado para mim. “Bem, então acho que vai ser hora de amarrá-la e trancá-la em seu quarto. Mas agora ela é apenas uma criança.” Eu beijei o rosto dele suavemente.



“Ela será sempre uma criança para mim. Eu não posso evitar.” Ele deu de ombros e moveu o balanço para que nos embalasse.



“Alyssa, Liam vai estar na praia amanhã!” Ouvi Renesmee falar depois que desligou o telefone.



A voz de Alyssa estava mais distante, ela deveria estar em seu quarto. “Eu acho que Sara vai estar lá também!” Ela gritou de volta.



Ambas fizeram um monte de amigos de sua sala. Elas gostavam de ir à escola na reserva, e eu estava preocupada sobre como poderiamos deixá-las ir para a escola em um só lugar. Elas estão apenas na 1ª série, seria impossível para nós ficarmos aqui 12 anos.



“Quanto tempo você acha que podemos ficar aqui?” Perguntei a Edward. Ficamos em silêncio por um tempo enquanto ele nos embalava no balanço.



“Eu não tenho certeza, talvez mais alguns anos. Provavelmente até a gente se formar. Por que você pergunta?”



“Eu estava pensando em Alyssa e Nessie. Elas amam isso aqui, e eu não quero continuar mudando elas de escola para escola. Vai ficar mais difícil à medida que crescerem. Eu estava uma pilha de nervos quando me mudei para cá e tive de começar no meio do ano. Eu não quero continuar a fazê-las passar por isso.”



Edward se moveu, e eu me sentei. “Talvez pudéssemos ficar aqui mais um pouco. Ir para a faculdade. Você pode ter um diploma no que você quiser. Dar tempo a elas para se formarem na escola aqui.”



Eu sorri largamente, e me inclinei para beijá-lo. “Você acha mesmo?”



“Eu vou ter que falar com Carlisle e Esme, mas não vejo problema. Além do mais, mais da metade deles lá sabem quem somos, ou assumem por causa das lendas. Então eu não vejo problema em manter Ness e Alyssa matriculadas exatamente onde estão.”



“Obrigada Edward.” Sussurrei, voltando para seus braços.



“Qualquer coisa por você.” Ele disse beijando o meu cabelo.



Ficamos onde estávamos, e assistimos o sol se pôs atrás das árvores. Quando decidimos entrar todo mundo estava esparramado na sala. Alice estava de joelhos no chão com Alyssa empoleirada em um travesseiro na sua frente. Ela estava trançando seu cabelo. Renesmee já tinha 2 tranças francesas, uma de cada lado da cabeça, e estava deitada de bruços com a cabeça nas mãos assistindo TV. Rosalie, Emmett e Jasper estavam no sofá, e Carlisle e Esme estavam abraçados na cadeira.



“Hora de dormir.” Eu disse puxando as tranças de Renesmee.



“Elas não são bonitas?” Ela perguntou chacoalhando sua cabeça.



“Muito bonitas, vá passar spray nelas, e assim você pode mantê-las para a praia amanhã”.



“Ok!” Renesmee gritou por cima do ombro, ela já estava subindo as escadas.



“Posso ficar com as minhas também mamãe?” Alyssa perguntou enquanto Alice acabava.



“Se você quiser.” Rosalie sorriu para ela.



“Obrigada!” Ela saltou e abraçou tanto Emmett quanto Rosalie antes de subir pro segundo andar.



“Ai!” Alyssa gritou lá de cima.



“Sai do meu caminho!” Renesmee gritou de volta.



“É a vez de vocês.” Edward disse, apontando para mim e Rosalie.



“De jeito nenhum! Resolvemos a luta de Barbie ontem. É a sua vez.” Rosalie disse sacudindo a cabeça.



“Não, isso foi há 3 dias atrás, amor. Ontem Edward e eu paramos a briga da festinha de chá.”



“De jeito nenhum! Isso foi na semana passada!” Eu falei.



“NÃO ME EMPURRE!” Renesmee gritou, logo ouvimos um barulho alto.



“Você me empurrou primeiro!” Alyssa gritou de volta.



Eu olhei para Edward e ele revirou os olhos. “Emmett.” Ele disse, batendo na parte de trás da cabeça dele. Os dois correram pela escada. Assim que eles desapareceram da nossa vista, ouvimos ruídos no banheiro do segundo andar.



“Se vocês duas não pararem, nós não iremos à praia amanhã.”



“Ok, tudo bem. ” Renesmee rosnou.



“Não, peçam desculpas uma para a outra agora.” Edward disse à ela.



“Desculpa Lyss.” Renesmee murmurou.



“Eu também”. Alyssa resmungou.



“Assim não.” Emmett disse pra ela.



Eu a ouvi suspirar: “Ok! Desculpe Ness.”



“Assim é melhor, obrigado. ” Emmett disse.



Poucos minutos depois estava tudo calmo, e Emmett e Edward desceram as escadas.



“A 12ª Guerra Mundial acabou agora.” Emmett disse enquanto sentava no sofá.



“Elas estão na cama, esperando para serem cobertas.” Edward me beijou suavemente.



“Obrigada.” Sorri enquanto peguei a mão de Rosalie, e fomos para cima para cobrí-las.



Na manhã seguinte, me ajoelhei no chão do quarto Renesmee vestindo-a em seu bikine.



“Depressa!” Ela implorou enquanto pisava na parte de baixo do bikine.



“Eu só posso ir tão rápido quanto você me permitir. Agora, se você ficar paradinha, talvez eu possa te vestir.” Eu ri da minha filha se contorcendo.



“Estou pronta!” Renesmee gritou enquanto corria para o corredor. Bam! Saí do seu quarto a tempo de vê-la virar a esquina do corredor e esbarrar direto em Edward. Ela bateu em sua perna, e ele a pegou antes que ela caísse para trás.



“Onde é o incêndio?” Ele perguntou ao apanhá-la, e a aconchegando debaixo do braço. Ela se contorceu para ele a colocar no chão, mas ele segurou-a mais apertado.



“Eu quero ir para a praia!” Ela jogou seus braços freneticamente, mas os braços de Edward a prenderam do seu lado apertado.



“E se eu não quiser ir à praia?”, Ele brincou.



“Você já disse que sim!” Ela choramingou.



“Mas mudei de idéia. Acho que vamos ficar em casa, e não fazer nada hoje. Estou cansado.”



Renesmee cruzou os braços sobre o peito e tentou o seu melhor para olhar na cara séria de Edward. Ele agiu como se estivesse bocejando.



Ela estreitou seus olhos para ele, óbvio que ela estava falando com ele em sua mente. Ele jogou a cabeça para trás rindo dela.



Revirei os olhos enquanto os seguia escada abaixo.



Uma vez que estávamos lá embaixo, andei na frente de Edward, e Renesmee agarrou meu pescoço. Ela se colocou em minhas costas, e cobriu meus olhos. Imediatamente eu tinha visões fluindo rapidamente, era eu na água. Eu estava nadando em algum lugar com Edward. Eu tinha um tubo e máscara de mergulho enquanto nadava. Eu estava olhando através dos olhos de alguém enquanto eu me assistia tocar no fundo do oceano.



Engoli em seco. “Ilha Esme… EDWARD!” Tirei as mãos Renesmee dos meus olhos, e ela riu atrás de mim.



Edward deu ombros inocentemente: “Ela me perguntou se você gostava de nadar.” Ele sorriu para Renesmee antes de olhar pra mim. “Essa foi a única vez que te vi nadar. Você preferia que eu tivesse contado para ela a primeira vez que nadamos juntos?” Ele riu quando os meus olhos se arregalaram.



“NÃO!” Eu bati no braço dele.



“Eu gostaria de saber.” Emmett riu e Rosalie socou seu braço. Ela pegou Alyssa dele, e eu a segui porta afora.



“Sério… na água?” Emmett sussurrou atrás de nós.



“Água morna, meu corpo frio, achei que seria melhor…”



“Isso é massa mano, boa idéia para a primeira vez. Água brilhando nos… “



“Emmett!” Rosalie se virou, e a cabeça de Alyssa voou para trás com a velocidade. Ela agarrou a camisa de Rosalie como apoio enquanto girava. “Temos crianças aqui!”



Emmett ergueu as mãos para cima defensivamente, e sorriu. “Eu ia dizer nos, er… no rosto dela.”



“Claro que você ía.” Eu disse revirando meus olhos. Coloquei Renesmee no chão, e peguei sua mão.



“O quê?! Eu ía!”



“Elas não são idiotas, Emmett.” Edward riu.



Emmett decidiu fechar a boca e pegar as bolsas de praia no caminho da porta. Alice e Jasper estavam ansiosos para ficar para trás e ter a casa para si. Esme e Carlisle decidiram passar o dia caçando, e não deviam voltar até amanhã.



Eu andei mais lento, enquanto assistia Renesmee atravessar a entrada de carros sem estar presa a alguém. Eu percebi que ela estava mais alerta quando cruzamos para a garagem, mas manteve as mãos apertadas ao seu lado. Ela iria saltar levemente ao som mais suave, mas se manteve escondida atrás de Emmett e Rosalie, mas à frente de Edward e eu.



Ela olhava rapidamente por cima do ombro para ter certeza de que ainda estávamos atrás dela. Edward apertou seu ombro levemente para tranquilizá-la, e ela relaxou um pouco. Uma vez que já estávamos no carro, ela estava de volta ao seu eu normal e alegre. Eu odiava vê-la tão assustada com o que aconteceu, mas eu sempre me sentia melhor quando via a menininha feliz e sorridente de volta logo que ela sabia que estava segura. Eu só queria que ela soubesse que estava sempre segura com a gente por perto. Para salvá-la eu me rasgaria inteira e jogaria os pedaços no fogo se precisasse.



Eu fui puxada de meus pensamentos quando os lábios de Edward estavam em meu ouvido. “Eu faria isso também. Por qualquer uma de vocês. ” Ele sussurrou, e inclinou a cabeça para beijar meu pescoço. Eu tinha aprendido a manter meu escudo baixo a menos que quisesse manter meus pensamentos privados.



“Eu sei.” Virei minha cabeça e sorri contra seus lábios antes de beijá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário