15 de setembro de 2010

Lua azul





Nova vida.

Capitulo 14


Fomos para a sala do trono.

Os corredores eram macabros, e as cores das paredes não ajudavam muito.

Chegamos a uma grande porta que estava sendo vigiada por enormes guardas.

Ao abrir a porta me deparei com uma enorme sala com vários vampiros em torno de três tronos que havia Anciões sentados..

Era magnífico
.

-Extraordinário

Um dos vampiros deu um grito assim que me viu.

Que louco eu pensei.

-Vejo que Anne acordou bem.

Outro ancião disse.

-Querida Como estas?

-Como acha que estou longe de minha família.

-entendo por que EJ se apaixonou por ti.

Sorri com a afirmação.

Meu namorado.

Quer dizer meu ex-namorado.

Será que ele me amava ainda?

Será que havia dado por falta de mim?

-Então por que me sequestrou?

-Por um único motivo.Humanos não deve saber de nossa existência...

-...mas iríamos te matar...Mas vi potencial em você em tão transformei em vampira.

Ele dizia como se tivesse um final feliz.

-Então já que já terminou a transformação posso voltar pra casa?

-Calma ai menina..Não é desse geito...Eles cometeram um erro então teram que pagar.

-Então?

-Ficara em Volterra por um tempo.Depois poderá voltar para os vegetarianos.

-E se eu num aceitar?

-Haverá um guerra.

 gelei com a probabilidade de lutarem por mim.

-Quanto tempo?

-5 anos;

-muito tempo.

-4?

-e se for 3?

Eles reviraram os olhos e concordaram com isso.

- e num se fala mais nisso...Beatriz treine ela.Leve  pra caçar.

-Vem.

Bia disse me puxando sala a fora.

-Por que me enganou?

-Num quero tocar nesse assunto.

-Por que não?

-Me arrependo de ter tirado sua vida..

-então por que fez?

Fomos em direção a cidade eu parei.

O cheiro era muito tentador que fez o fogo voltar.

Minha garganta  estava em chamas novamente

Não podia caçar humanos.

Corri na minha nova velocidade que ainda me surpreendia para a Floresta.

Outros aromas me invadiram.

Sentia Bia atrás de mim.Acelerei mais ainda.

Ate parar de sentir o cheiro de humanos e começar a sentir de animais.

Revirei os olhos e segui.

Não era tão apetitoso mas quebraria o galho.

Vi um casal de Veados e os ataquei.

Drenei ambos em menos de 1 minuto.Mas o fogo não tinha passado.

Sabia que demoraria pra me acostumar com isso.Mas tentaria.

-Por que?

Tinha me esquecido de Bia.

-o que?

Virei para encara-la.Sua face estava cheia de emoções diferentes.

Vi que seus olhos estavam cheio de lágrimas.

-Você conseguiu resistir ao seu instinto e fugir?Já eu nunca conseguiria trocar aquele apetitoso sangue por isso.

Ela disse apontando para os cadáveres dos animais.

Sorri com isso.

-Não é tão ruim.

Ela virou o rosto com nojo.


-Vem vamos pra casa.

O percurso inteiro fomos conversando e conhecendo uma a outra.

Podia jurar que Bia não era tão má assim.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir